Crise não abala mercado de maquiagens brasileiro
Mercado cresceu 3,2% em valor em 2015, produtos para rosto e lábio são os que mais se destacam
2 Maio 2016  |  11:50h
A - A +
Data:
Cidade:
A alta da inflação, o desemprego e as mudanças econômicas não foram capazes de abalar o consumo das maquiagens no Brasil. De acordo com estudo elaborado pela Kantar Worldpanel, o mercado cresceu 3,2% em valor em 2015 se comparado com o ano anterior. Os produtos para rosto e lábios foram os que impulsionaram a evolução, com alta de 18,3% e 16,7%, respectivamente, no valor gasto.   

Segundo o levantamento, os itens que trazem resultado imediato e que valorizam a beleza natural são os mais populares para a face. Enquanto o batom é considerado a porta de entrada para o mundo dos cosméticos. 

A Kantar Worldpanel também analisou o consumo de esmaltes no país. A categoria atinge menos de 40% das brasileiras, sendo adquiridos por cerca de três vezes ao ano. O volume médio por compra é de duas unidades. O estudo aponta ainda que o rosa e tons neutros são os favoritos entre as compradoras e que quase 80% delas faz as unhas dentro de casa - a maioria tem até 34 anos. Sábados e domingos seguem no topo dos dias preferidos para o embelezamento das unhas.
Fonte:
Tags:
Comentários

As opiniões expressas nos comentários são de única e exclusiva responsabilidade de seus autores e não expressam a opinião deste site. Comentários ofensivos ou que violem a legislação vigente serão suprimidos.


* seu e-mail não será publicado.

Enviar Comentário