Telefone como prioridade
Mesmo com a crise, brasileiros continuam gastando com telefonia
11 Setembro 2015  |  16:15h
A - A +
Data:
Cidade:
De acordo com dados levantados pelo ComTech, estudo da Kantar Worldpanel, a população continuou investindo em celulares no primeiro semestre de 2015, seja comprando seu primeiro telefone ou adquirindo aparelhos adicionais. No primeiro semestre de 2014, 4,1% das pessoas optaram por comprar mais um telefone, enquanto neste ano o número chega a 7,2%. Já os que adquiriram seu primeiro celular saltaram de 14,2% para 18,4%.

Os que substituíram o telefone antigo por um mais novo eram 81,7% nos primeiros seis meses do ano passado. Em 2015, no mesmo período, eles atingiram a marca de 74,5%. Consequência da crise, o estudo revela ainda que 17% da população adquiriu aparelhos usados no primeiro semestre deste ano. A porcentagem de pessoas que recebeu um celular de segunda mão teve um salto de 4,6 para 7,6 de 2014 para 2015.

O ComTech apontou também que 90% das pessoas pagam suas próprias faturas de telefonia, enquanto o share daqueles que têm suas contas pagas por terceiros passou de 7,2 para 7,5%. Entre os motivos que levam os consumidores a trocarem de operadora estão chamadas mais baratas, insatisfação e necessidade de estar na mesma operadora da família e amigos. Dados do levantamento indicam que a decisão de compra de 50% da população é baseada em faturas e tarifas mais baratas, enquanto 20% leva em conta os conselhos de outras pessoas. Já as operadoras são escolhidas principalmente por ofertas em aparelhos e cobertura oferecida.  
Fonte:
Tags:
Comentários

As opiniões expressas nos comentários são de única e exclusiva responsabilidade de seus autores e não expressam a opinião deste site. Comentários ofensivos ou que violem a legislação vigente serão suprimidos.


* seu e-mail não será publicado.

Enviar Comentário