Como anda a qualidade das telcos?
Consumidores estão mais satisfeitos com prestadoras em 4 de 5 serviços avaliados em pesquisa de satisfação
14 Fevereiro 2020  |  12:33h
A - A +
Data:
Cidade:
A avaliação dos consumidores sobre os serviços de telecomunicações teve uma melhora significativa de 2018 para 2019. É o que aponta a edição mais recente da Pesquisa de Satisfação e Qualidade Percebida, anunciados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Em relação à pesquisa de 2018, os consumidores estão, em média, mais satisfeitos com suas prestadoras em quatro dos cinco serviços pesquisados: telefonia fixa, telefonia móvel pré e pós-paga e banda larga fixa. Apenas a TV por assinatura manteve os 7,18 do ano anterior, em uma escala de 0 a 10.

Os consumidores mais satisfeitos com suas prestadoras são os da telefonia móvel pós-paga, com 7,42 - maior nota pelo terceiro ano consecutivo -, seguidos pelos consumidores de telefonia móvel pré-paga, com 7,25. Nesses serviços, o indicador consolidado de satisfação geral cresceu continuamente desde o início da série histórica, em 2015. A telefonia fixa alcançou o índice de 7,23.

Nos resultados por estados brasileiros, apenas os consumidores do mercado paranaense de banda larga fixa estão menos satisfeitos em 2019. Nos demais mercados, os indicadores de satisfação geral, em sua maioria, permaneceram estáveis em relação ao ano anterior, com registro de alguns aumentos.

A banda larga fixa, com 6,63, registra, desde 2017, melhora em seus indicadores de satisfação geral e de qualidade percebida, quando nacionalmente consolidados. Mas, em comparação com os consumidores dos demais serviços, os usuários da banda larga fixa estão menos satisfeitos com suas prestadoras, além de avaliarem pior o seu funcionamento.

Em todos os serviços, o atendimento telefônico e a capacidade de resolução geram a pior percepção de qualidade nos consumidores. Embora tenham apresentado melhoras em relação à série histórica, esses itens ainda estão abaixo de aspectos como funcionamento e cobrança, por exemplo.
Fonte:
Tags:
Comentários

As opiniões expressas nos comentários são de única e exclusiva responsabilidade de seus autores e não expressam a opinião deste site. Comentários ofensivos ou que violem a legislação vigente serão suprimidos.


* seu e-mail não será publicado.

Enviar Comentário