Está esperando o que?
Empresas que não investem em app mobile perdem a oportunidade de aumentar as receitas, segundo professor da EMD
30 Agosto 2013  |  14:11h
A - A +
Data:
Cidade:
Jessé Rodrigues
O mercado de aplicativos móveis está aquecido, levando oportunidade às empresas que querem oferecer serviços atualizados aos clientes. Um dos fatores que contribui para essa realidade é a popularização do smartphone, que acelera o consumo de app e internet mobile. "O celular é prioridade para empresas como Google, Facebook e grandes varejistas como Amazon e Netshoes. Estamos em 2013 e já passou o tempo para decidir se vamos ou não para o mobile. Muitas empresas estão perdendo de aumentar suas receitas através desta plataforma", declara Jessé Rodrigues, diretor e professor da Escola de Marketing Digital.

Entre os benefícios do investimento em aplicativos de celular, segundo o especialista, é a oportunidade de estar com o usuário 24 horas por dia, sete dias por semana. "Ou seja, acompanhá-lo sempre em qualquer lugar. É uma forma de oferecer um serviço ou conteúdo no tempo e local do usuário", explica. Além disso, Rodrigues acrescenta que é a oportunidade que a empresa tem de expandir os canais de comunicação, vendas e relacionamento e, por meio disso, conhecer os hábitos de consumo e perfil de comportamento do cliente.

Na visão do professor, o uso de aplicativos também impulsiona a interação do cliente com as marcas, principalmente se o serviço for pensado para facilitar a vida dele. "Especialmente na prestação de serviços que facilitem o dia a dia do usuário no consumo de produtos, serviços, conteúdo ou mesmo para desempenhar atividades rotineiras. Aplicativos que oferecem serviços de valor agregado são mais acessados e têm maior preferência por parte dos usuários", afirma.
Fonte:
Tags:
Comentários

As opiniões expressas nos comentários são de única e exclusiva responsabilidade de seus autores e não expressam a opinião deste site. Comentários ofensivos ou que violem a legislação vigente serão suprimidos.


* seu e-mail não será publicado.

Enviar Comentário