Banco CBSS agora é digio
Nova marca reflete a transformação em plataforma de serviços financeiros focada em cx
9 Outubro 2019  |  13:05h
A - A +
Data:
Cidade:
Carlos Giovane
O Banco CBSS, instituição financeira que faz parte do Grupo Elopar, holding controlada pelo Bradesco e Banco do Brasil, acaba de passar por processo de reposicionamento da marca, que agora passa a ser digio. A substituição do nome integra a estratégia do banco de prestigiar os mais de um milhão de clientes que utilizam o cartão digio.

"Acompanhamos de perto a mudança no perfil dos novos consumidores, que buscam uma experiência cada vez mais simples, ágil e segura, não importa o setor com o qual estejam interagindo. A criação do digio foi uma resposta direta a esse novo cenário. Nosso objetivo é sermos percebidos como uma ´bantech´, tendo a solidez de um banco e a agilidade de uma fintech," afirma Carlos Giovane, CEO da empresa.

O digio está presente no ecossistema de inovação, tendo no portfólio parceria com as principais fintechs do país, e agora passa a disponibilizar aos clientes novos produtos e serviços. Em sua nova fase, a plataforma disponibilizará novas funcionalidades, tais como: Conta digital, cartão virtual, pagamento por aproximação (Wallet e Contactless) e pagamento de contas.

O digio é uma plataforma digital de serviços financeiros com múltiplos produtos e serviços para consumidores. Lançado em 2016, o cartão de crédito com gestão por aplicativo foi seu primeiro produto. O app conta com uma loja própria - a digioStore - com produtos de games, recarga de celular, seguros, entre outros; e um clube de fidelidade de acúmulo de pontos e cashback - o digioClub. O digio também conta com produtos de empréstimos pessoais distribuídos por meio de parcerias com as principais fintechs do país. Sua proposta de valor é ser uma plataforma agnóstica de serviços financeiros com a solidez de um banco e agilidade de uma fintech.
Fonte:
Tags:
Comentários

As opiniões expressas nos comentários são de única e exclusiva responsabilidade de seus autores e não expressam a opinião deste site. Comentários ofensivos ou que violem a legislação vigente serão suprimidos.


* seu e-mail não será publicado.

Enviar Comentário